Google+ Followers

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Ciranda

Ela não sabe
- nem eu-
O que eu sinto por ela.
Disse adeus sem certeza
Ela disse 'Eu te amo'.
Despedidas sem dor
Não são despedidas.
Quem dera saber de mim
Escolhas feitas, malas prontas
O destino é uma ciranda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário