Google+ Followers

sábado, 6 de agosto de 2016

Esse mundo dá dois

Atrás de onde eu me deito
Repousa quieta a Lua
E, a me beijar de manhã,
Acorda afoito o Sol.
O privilégio de um teto
E o privilégio da bênção
Ter meu pai e minha mãe
A me dar bom dia,
A acompanhar meu sono...
Aprendi a amar o céu azul
Em todas as tonalidades!
Ah, esse mundo...
Esse mundo dá dois!

Nenhum comentário:

Postar um comentário